A importância da lancheira

Os lanches são excelentes opções para melhorar os hábitos alimentares das crianças e ainda contribuir para seu crescimento e bom aproveitamento na escola.

A alimentação das crianças é sempre motivo de preocupação, não é mesmo? Nesta fase o processo de crescimento é intenso, o que faz com que a alimentação adequada tenha papel essencial para o bom desenvolvimento. Fracionar as refeições e oferecer lanches equilibrados entre as aulas é uma ótima maneira de cuidar da saúde dos pequenos. Por isso, a lancheira deve ter alimentos que ajudem as crianças a aproveitarem as aulas e as brincadeiras com bastante energia. Confira os grupos dos alimentos que não podem faltar na hora de montar uma lancheira completa e sugestões do que incluir na hora do lanche, só não se esqueça que uma alimentação equilibrada não precisa ser algo sem graça e sem sabor, use a criatividade! 

Uma lancheira saudável deve ser composta por alimentos que contenham os nutrientes essenciais para o desenvolvimento da criança, como por exemplo:

Dicas para uma lancheira saudável

- O lanche deve ser composto por alimentos que não necessitem de refrigeração prolongada, para evitar que estraguem;

- A lancheira deve ser atrativa: coloque alimentos coloridos, que chamem a atenção, como frutas e lanches naturais coloridos;

- Introduzir alimentos de diferentes grupos é importante para oferecer vários nutrientes às crianças.  As proteínas, por exemplo, são fundamentais para o crescimento adequado e para o sistema imunológico. A soja é uma ótima fonte de proteínas de alto valor biológico, além de conter gorduras boas, como os ômegas 3 e 6;

- Cuidar da limpeza dos alimentos e da lancheira para evitar a contaminação dos alimentos. Embalagens individuais, tanto de bebidas, quanto de alimentos, podem facilitar a segurança alimentar.

TOP